Exposição: Mão de Obra – Raphael Ferreira

Sobre:

Belo Horizonte, a primeira cidade planejada do Brasil, é uma metrópole em constante desenvolvimento. Uma cidade que a cada dia se redescobre nos expondo seus vícios e virtudes. Um patrimônio em construção, assim como nós seus filhos que seguimos entre o material e imaterial constituímos nossas identidades a partir das raízes e influencias culturais, sociais e estruturais.

Refinado e inacabado, planejamento e desordem

BH nasce com o requinte e refinamento para ser uma grande capital planejada e organizada, mas com o crescimento populacional transborda-se em um caldeirão de pessoas, influências, e tudo mais. O desenvolvimento urbano é o veículo do progresso, mas é também a fonte de problemas estruturais que insistem em parecer.

Provinciana e cosmopolita, a tradição e a vanguarda.

Um lugar que preserva tradições, mas também se renova cotidianamente a partir de novas manifestações culturais e sociais. BH é também a capital das juventudes, das ocupações, dos grandes festivais, da gastronomia, da Art Déco, do Modernismo e da especulação imobiliária. Esse é o retrato de uma Belo Horizonte que está representada na série: “Mão de obra BH: uma identidade em construção”. Um canteiro de obras, um espaço de contrastes e de intermináveis transformações de formas, cores, imagens, sons e identidades. Para desenvolver a série o artista Raphael Ferreira se inspirou em documentos do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte e nos trabalhos do pesquisador Alessandro Borsagli.

RAPHAEL FERREIRA
Raphael Ferreira é um artista contemporâneo mineiro. Formado em Publicidade e Propaganda, especialista em Crítica e Produção Cultural. Músico, produtor cultural, e artista visual, Raphael desenvolve seus trabalhos em diversas linguagens como fotografia, artes plásticas, gráficas, videoarte e música popular.
Influenciado pela arte de rua e pelo estilo industrial, Raphael Ferreira mistura
elementos cotidianos e explora diversas possibilidades de expressões do universo urbano. Já realizou exposições individuais e coletivas ao lado de artistas renomados como Yara Tupynambá, ma Weissmann, Carlos Bracher, Glauco Moraes e outros.


 

Interessado? Fale conosco

Sua mensagem