Seleção de livros e filmes: Festa da Francofonia, março 2019
14 de março de 2019
Festa da Francofonia – Cinema
19 de março de 2019
Mostrar todos

Festa da Francofonia – Música

Depois de se apresentar por mais de 20 países e rodar a América do Sul de Kombi e a Europa de motorhome, o grupo franco-brasileiro Čao Laru está de volta a Belo Horizonte, na casa de shows A Autêntica, como parte da programação da 5ª Festa da Francofonia. Também no núcleo musical, o evento recebe o duo belga Rive, no Teatro da Assembleia.

Fundada em 2014, a banda Čao Laru faz show com o repertório totalmente em francês no dia 24 de março. A apresentação vocal e instrumental mistura composições autorais do novo álbum, “Fronteiras”, a temas célebres da canção francesa, como “Les triplettes de Belleville”, “Les copains d’abord”, “La foule”, “Johnny tu n’es pas un ange” e “Je veux”. O grupo é formado pelos “músicos interventores” Noubar Sarkissian Junior (cavaquinho, violão, pandeiro e voz), Felipe Trez (bateria), Pedro Correa Abrantes (baixo e contrabaixo), Laura Aubry (acordeom e voz), Marie Tisser (violoncelo e voz) e Fabio Padua (clarinete, flauta, bandolim e violino). Ao fim da noite, o DJ Paco Pigalle, nascido no Marrocos e criado entre Paris e Málaga, anima a pista com temas francófonos.

Antes do show, também no dia 24, o Čao Laru promove a Oficina de Canção Francófona. A atividade gratuita é destinada a escolas, músicos e amantes da francofonia e envolve um repertório de músicas e danças tradicionais que o grupo coletou durante suas turnês pela França e pelo mundo, entre eles o créole, as danças bretãs e a canção moderna. A banda vai convidar os participantes a brincar (jogos musicais), a dançar e a cantar em polifonia, em diversos sotaques.

No fim de semana seguinte, dia 30 de março, será a vez do show do duo belga Rive, no Teatro da Assembleia, formado por Juliette Bossé (guitarra, piano, voz) e Kévin Mahé (bateria). De sonoridade electro-pop e canções autorais, escritas em francês por Juliette, o show traz o repertório do segundo álbum da dupla, “Narcose”, cujas letras aludem à luta feminista. O grupo recebeu vários prêmios na Bélgica e apresentou as canções do primeiro álbum, “Vermillon” (2017), em vários festivais na Bélgica, na Suíça e em Quebec. No mesmo ano, foi apontado como “revelação” e descrito pelas mídias como “onírico e poético”, “pop luxuriante e encantador” e “electro-pop à flor da pele”.

 

SOBRE A FESTA DA FRANCOFONIA:

A Festa da Franconfonia celebra a diversidade das culturas francófonas e a riqueza da língua francesa em todos os continentes. A programação envolve diversos eventos, como espetáculos teatrais e musicais, sessões de cinema, conferências, gastronomia e exposição de fotografia, além de concursos e encontros visando o intercâmbio de brasileiros com universidades francófonas.

 

SERVIÇO:

 

Oficina de Canção Francófona

Data: 24 de março (domingo)

Horário: das 15h30 às 17h

Local: A Autêntica (rua Alagoas, 1.172, Savassi)

Ingressos: gratuitos (mediante retirada prévia em sympla.com.br)

 

Show de Čao Laru

Data: 24 de março (domingo)

Horário: 19h

Local: A Autêntica (rua Alagoas, 1.172, Savassi)

Ingressos: R$ 25 (disponíveis em sympla.com.br)

 

Show do duo Rive

Data: 30 de março (sábado)

Horário: 19h

Local: Teatro da Assembleia (rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho)

Entrada franca

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *