Oficina de Compostagem
16 de setembro de 2017
Em cartaz: Tour de France
7 de setembro de 2017
Mostrar todos

Exposição: Carcará de Jeannie Helleny

Quando:


Data: 21/09/2017 - 12/10/2017

Horário: Horário flexível

Sobre:


SOBRE:

‘’Escolhi o Carcará, ou gavião, por ser uma ave de rapina brasileira, pássaro migratório e que simboliza os instintos de sobrevivência. As fotografias, pinturas e a prosa poética apresentada em áudio, falam sobre a sobrevivência na cidade, uma sobrevivência não apenas  física,   mas   também    emocional,   psicológica.

Trabalho com uma linguagem ficcional, auto-ficcional, simbólica, através das duplas-exposições, onde imagens se mesclam como se fossem recordações ou pensamentos, através da pintura, onde o uso das cores traz novos elementos para as imagens fotográficas em preto e branco, através da escrita, que aparece como uma espécie de diário.

Interessa-me muito a migração do interior do estado para a capital, movimento populacional do qual faço parte, e que vejo carregado de sonhos, realizações ou frustrações pessoais. Trabalho a partir dessas questões, que são meu olhar sobre a cidade, um olhar de fascínio, de medo, de luta, de sonho, de encanto, de perdas, de fracassos e de sucessos. ’’

BIOGRAFIA

Jeannie Helleny é artista visual, em formação pela Escola de Belas Artes da UFMG, tem 25 anos e nasceu em Governador Valadares-MG.

Trabalha com diversas linguagens, entre elas: pintura, desenho, instalação, fotografia, videoarte e escrita. Foi premiada seis vezes pelo Festival do Minuto em 2015 e 2016, participou da mostra internacional  VideoFormes na  França  e também participou  da  exposição  “Um minuto  para”  no  Sesc.

Em 2017, participa do festival de fotografia Foto em Pauta em Tiradentes-MG.

 

Exposição integra o programa

“PATRIMÔNIO[S] BH 120 ANOS 1897 – 2017″

O programa de exposições ‘’PATRIMÔNIO[S] BH 120 ANOS 1897 – 2017’’ idealizado pela Aliança Francesa, apresenta ao público a exposição “Casa e Chão”, do arquiteto e urbanista Ivan Araújo e das jornalistas  Paola Carvalho e Raíssa Pena.  “Casa e Chão” é o quinto projeto selecionado a integrar a programação da Galeria Georges Vincent da Galeria Georges Vincent no ano de 2017 e tem abertura no dia 20/07, 19h, na sede da Aliança Francesa BH (Rua Tomé de Souza, 1418, Savassi, BH/MG). A exposição fica em cartaz até o dia 10/08 e a entrada é franca.

PATRIMÔNIO[S] BH 120 ANOS 1897 – 2017

Idealizado pela Aliança Francesa BH, o programa de exposições “PATRIMÔNIO[S] BH 120 ANOS 1897 – 2017” homenagea a capital mineira por meio de exposições artísticas inéditas. Com a curadoria de Mirella Spinelli, Thiago Pena e Pierre Alfarroba, foram selecionados 8 projetos de artistas mineiros para ocupar a Galeria Georges Vincent mensalmente, durante o ano de 2017. O objetivo é sensibilizar o público sobre a história de Belo Horizonte e o futuro a se construir. Além das exposições, a mostra contará com uma programação colaborativa de palestras, visitas guiadas, debates e oficinas que serão ofertadas gratuitamente com o objetivo de discutir criticamente conceitos para a construção de uma Beagá mais bonita, aberta e humana.


 

Interessado(a)? Fale conosco

Sua mensagem