Cineclube francófono: Hiroshima Mon Amour
24 de setembro de 2016
Festa da Gastronomia francesa 2016
23 de setembro de 2016
Mostrar todos

Exposição: Limitrocidade

Quando:


Data: 21/09/2016 - 12/10/2016

Horário: Horário flexível

Sobre:


Limitrocidade

Daniel Pinho, Renata Laguardia e Miguel Gontijo

Abertura dia 21 de setembro, 19h – Visitação até dia 12 de outubro.

8 pontos no mapa da cidade de Belo Horizonte e seu entorno foram escolhidos exatamente onde a massa cinzenta urbana se dissolve dando lugar à paisagem natural da região.

As 8 imagens são o ponto de contato onde duas forças contrárias disputam território e se tracionam. De um lado, a cidade fluida que expande, pulsa e com energia centrífuga arremessa para fora tudo aquilo que não lhe é conveniente. Do outro, a natureza impassível que se sobrepõe a tudo que escapa à manutenção da cidade.

As imagens foram feitas dando as costas para o centro de Belo Horizonte evidenciando a natureza circunstante que possivelmente dará lugar à expansão contínua da cidade.

O projeto também conta com pintura e texto para cada uma das 8 imagens numa abstração gradual, onde a fotografia de médio formato analógica representa o olhar do fotógrafo e a mecanicidade da máquina fotográfica, a pintura representa o véu do olhar e dos gestos do pintor na criação da imagem, enquanto o texto representa o aglomerado de símbolos que na tentativa de descrever a imagem, criam novos significados.

A exposição do trio contará com uma apresentação de reflexões sobre a temática “convivência”, sendo nossa sexta edição da Folha das Alianças Vivas.

E como em todo vernissage desse ano, também teremos o prazer de provar as criações culinárias da Juliana Muradas do Deli Fresh Food, e se refrescar com o coquetéis ofertos pela Mon Caviste, loja de vinhos franceses belo-horizontina!

Sobre os artistas:

Daniel Pinho (Belo Horizonte – Brasil, 1985) se formou em Comunicação Social antes de iniciar estudos artísticos na Europa. Na Itália, realizou o mestrado em fotografia na Academia de Belas Artes, e foi depois para Düsseldorf onde desenvolveu importantes trabalhos da sua pesquisa artística. De volta ao Brasil, busca uma compreensão maior sobre a memória e o cotidiano.

Renata Laguardia (Belo Horizonte – 1991) é formada em pintura pela UFMG. Atualmente reside na França onde cursa o seu mestrado em Artes Plásticas. Sua pesquisa permeia a memória e a formação do indivíduo e sua identidade através da sua representação imagética.

Miguel Gontijo é formado em História e Filosofia; Pós-graduado em Artes e Contemporaneidade. Ele realizou exposições plásticas e publicou livros em vários países, como por exemplo, “Pintura Contaminada” (2009-França) ou “Miguel e o Ornitorrinco” (2012-Museu Inimá-BH). Participou em mais de 100 exposições no Brasil e no exterior e foi, por inúmeras vezes, premiado em salões oficiais.

A exposição faz parte do projeto Alianças vivas.


 

Interessado(a)? Fale conosco

Sua mensagem